Nossos Projetos

Justiça e Arquivos no Brasil: perspectivas de atores da justiça de transição (Concluída)

Foto: Gisela Aguiar

O livro “Justiça e Arquivos no Brasil: perspectivas de atores da justiça de transição” é mais um importante fruto do trabalho desenvolvido no âmbito da Secretaria da Rede Latino-Americana de Justiça de Transição (RLAJT). Durante o ano de 2015, a Secretaria da RLAJT teve sua sede dividida entre a Universidade de Brasília (UnB) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Duas consultorias foram contratadas com vistas a produzir relatórios sobre dois temas escolhidos pelos membros da RLAJT: judicialização e arquivos. As autoras do presente volume, Carla Osmo e Shana Santos, publicaram, então, os trabalhos “Judicialização da Justiça de Transição na América Latina” e “Tratamento de Arquivos de Direitos Humanos na América Latina”, ambos em 2016. Os trabalhos fazem parte do acervo da RLAJT disponível em seu website (http://rlajt.com). Entrevistas que subsidiaram a elaboração das consultorias e relatórios agora vêm à público, já na nova gestão da Secretaria da RLAJT, a cargo da Unb e do Centro de Estudos sobre Justiça de Transição da Universidade Federal de Minas Gerais (CJT/UFMG). Elas constituem um importante acervo testemunhal e de memória da luta pela implementação de políticas de justiça de transição como políticas de Estado na América Latina.

Justiça e Arquivos no Brasil
Powered by JS Network Solutions